Searching...
segunda-feira, junho 11, 2012

Tarde de futebol neste domingo em caio prado

O time do distrito de caio prado liderado pelo técnico zé paixão esteve nesta tarde de domingo fazendo um amistoso contra o time do distrito de itans,um bom numero de pessoas se encontrava no campo,relembrando os bons tempos de futebol na cidade.

caio prado x itans

caio prado x itans
Conheça a história de como surgiu o futebol em caio prado, encontramos essa relíquia nos arquivos do nosso amigo Everardo Bezerra, A matéria foi publicada por ele, confira:

Por Everardo Bezerra
No ano de 1938 foi fundada a primeira equipe de futebol em Caio Prado, sendo o seu 1º presidente o sr. Aloísio Pires Agente da Estação da RVC nesta localidade. Como vice-presidente figurava o sr. Coriolano Bezerra da Rocha "o Mestre Có"  construtor ligado à firma Oliveira. Assim sendo, podemos confirmar que a criação do esporte nesta localidade deve-se aos dois grandes  líderes que davam grande apoio esportivo nesta localidade. 

 Naquela época, a equipe era formada com os seguintes atletas: GOLEIRO:Manuel Sebastião de Almeida"O MANDUCA. BEACKS:José Vieira da Silva.(O SOCÃO) e Antônio Flor. RALFES:José Matias, Pedro Belo e Raimundo Bedim. ATACANTES: José Saraiva, Jaime Leitão, Raimundo Dias, José Dias; Chico do Zé Francisco e Fransquinho Holanda" O grande chute". As disputas de partida aconteciam sempre entre Caio Prado X Muquém, Caio-PradoX Juá e poucas vezes Caio-Prado X Itaúna (Itapiuna) as vitórias eram relativas.

 No ano de 1939 retornando de Fortaleza a esta localidade, o sr. Murilo Ribeiro cavalcante, que com sua participação e mais conhecimentos, impulsionava a equipe que quando, jogava, vencia sempre as equipes supracitadas. Lá para 1942 por motivos fúteis esfacelou-se a equipe, voltando reorganizar-se com mais experiência e conhecimento, no ano de 1947 com a participação do Sr. Guilherme de Medeiros, Agente de Estação da RVC., de Cangaty (Caio Prado). 

Também fazia parte na diretoria o Sr. Coriolano Bezerra da Rocha e Murilo Ribeiro Cavalcante. Os atletas nesta época eram mais jovens e mais técnicos que os primeiros. A equipe era formada com os seguintes atletas: GOLEIRO: Irineu Guilherne, (Irom), depois o grande Osório (soldado da polícia militar), que aqui veio destacado, este foi um dos melhores goleiros que tivemos. BEACKS: Oziel Rodrigues, Morais e Moacir Inácio (Vulgo Cafuné); RALFES: Massapê, Francisco Hamilton Bezerra Rodrigues e Renato Bezerra Viana. ATACANTES: Luiz Rodrigues Bezerra, Manuel Oliveira, Amauri Brasil Pires, Bôda e José Humberto Bezerra Viana. RESERVA: Zequinha Saturno, Manoel Bezerra e Francisco Ludgero. 

Esta equipe glorificou naquela época o nome do Caio Prado esporte Clube, conseguindo várias vitórias contra as equipes de Capistrano e Itaúna (Velhos rivais!). Em setembro de 1947 o Padre Manuel Gomes, vigário da paroquia de Capistrano-Ce., organizou um torneio denominado: TORNEIO PADRE MANUEL GOMES, envolvendo as seguintes equipes: Capistrano, Carqueja, Marés, Caio Prado e Itaúna.

 As 13hs do dia 7 de setembro de 1947 rufava os tambores da banda de música de Capistrano, sob uma grande multidão de torcedores que estavam ali, para assistirem o inicio daquele inesquecível espetáculo futebolístico. De inicio, jogou Caio-Prado X Marés. (A equipe vencendora foi Caio-Prado),depois jogou Carqueja X Itaúna (quem venceu foi o Carqueja). Depois jogou Caio Prado X Capistrano, (equipe vencedora: Caio-Prado).

 Disputa final: Caio PradoX Carqueja empatando em 0X0 como ja era tarde e a escuridão não permitia que o torneio chegasse ao final, ficou adiado para o próximo domingo dia 14 de setembro. Como a equipe de Carqueja estava desfalcada de seus melhores jogadores, não compareceu, entregando assim os pontos para a equipe de Capistrano, que foi ao campo para decidir com Caio Prado, o torneio PADRE MANUEL GOMES e, no final do jogo venceu Caio Prado por 1X0 gol do ponteiro Luiz Bezerra. Caio Prado, consagrado campeão do torneio, recebe das mãos do vigário, Padre Manuel Gomes, o troféu que hoje ainda se encontra guardado na residência de um dos
 atletas daquela época, Manuel Oliveira.

Porém, o auge do futebol caiopradense, foi na década de 1944 á 1950. Até os torcedores daquela época eram mais entusiasmados e uma das grande
torcedoras, era a sra. Zuleica Marinho, que sempre comparecia ao campo de futebol
 para assistir todos os jogos de Caio Prado! Empurrava o time com sua ousadia e seus gritos, dizia:vai, vai, chuta! Num perde esse gol não folgado,  ora essas!!! Colocava o time pra frente e sempre comemorava a vitória de seu querido  e glorioso Caio Prado! Na década de 1950 a 1960 novos valores foram surgindo, destacamos: o jogador José Rodrigues Bezerra " O DEDÉ" que pelas qualidades técnicas foi convidado para jogar pelo gentilândia, equipe da primeira divisão de fortaleza! No mesmo período, Caio Prado contou também com uma poderosa equipe: GOLEIRO: José Leite do Nascimento (o Zé Grande), depois: Raimundo Barros( Agente da estação Rffsa) DEFESA: José Araújo (o Zé da Pensão), ATACANTES: Edilson Pompílio, Zé Elias, Edilsom Viana, Luiz Bezerra, Brêu, Oscarzinho, Luiz Lopes e Dedé Bezerra. De 1960 a 1970 surgiram mais jogadores e a equipe ficou formada da seguinte maneira: GOLEIRO: Epifânio; goleiro reserva: Lucimar do Preto, que logo assumiu a posição principal. Defesa: Antonio xuxuné, Francisco Humberto, Francisco Milton, Marcelo Oliveira e Zé Elias. 

ATACANTES:Luiz Bezerra e Armando. Ainda na década de 70 surgiram novos talentos do futebol caiopradense, dentre eles destacamos: Goleiro: Egildo, Laterais: Alexandre, Dehon Dédé Boi , Moisés e Monte Machado; meio campo: Chico Andrade, Eusébio e Armando; Pontas: Japonês, Otacílio e Totonho; atacantes: Wilson e Kau Oliveira. Depois surgiram: Eridan Nogueira, Kaulle, Sussú, Everardo, Getúlio, Teógenes, Paulo cavalcante, Tonho Barros, Dedé Teixeira, Toinho Teixeira, Bosco Teixeira, Antonio Wilson, Carlinhos, Carlos Saraiva, Niltinho, Hamilton, Novo Barros, Marfrank, Beto Bezerra, Coriolano Bezerra, Neto Matias, João Matias; Eduardo, Zé Leitão, Gêra, Mauro, Tó Saturno, Almeida Saturno, Luizão Saturno, Afonso Saturno, Rozimar Ferreira, Carlos Candú, Antonio Torres, Luiz Torres, Baté Machado; Nêgo Evaldo (um dos melhores da nova geração) e muitos outros que não conseguimos lembrar neste
momento. Se você lembra de alguém, comente. .


COLABORAÇÃO: VÂNIA BEZERRA, COM ADAPTAÇÃO DE EVERARDO BEZERRA.