Searching...
terça-feira, abril 29, 2014

Crise política em Baturité repergunte no cenário estadual


A Câmara de Vereadores da cidade de Baturité se reuniu na manhã da última segunda-feira (28), em Sessão Ordinária, onde nove dos 13 parlamentares representando a ansiedade do de populares, apresentaram um novo requerimento para o afastamento provisório de Bosco Cigano (Prefeito). O grupo agurenta que a presença de Bosco deve dificultar a investigação de irregularidades na administração da Prefeitura, principalmente com aos processos ao serviço da coleta de lixo e à cobrança indevida de propina para a liberação de barracas de feirantes e demais comerciantes no município. 

As denúncias contra Bosco Cigano foram aceitas em plenário, duas comissões foram montadas na Câmara para apuração das mesmas. Entretanto a população que estava presente nas ruas e na Sessão se sentiu frustada com a não apreciação do requerimento de solicitação para afastamento do prefeito. O vereador Jorge Renaldo Nogueira Braga (PSDB), presidente da Mesa Diretora, seguiu orientação de sua assessoria jurídica. 

Ao impedir o andamento do processo, o vereador causou a revolta dos demais parlamentares e do público que acompanhava a reunião. Agora, além do prefeito Bosco Cigano, o grupo de vereadores também pretendem encaminhar o pedido de afastamento do presidente da Câmara, Renaldo Braga. 

Baturité já viveu dias calmos, já foi referência positiva no cenário politico e agora vive um verdeiro caos, onde a única certeza é a incerteza de dias melhores para o povo simples que depositaram nos políticos a esperança de representarem os interesses da coletividade.    

Com informações do Ceara News e Fotos do Facebook