Searching...
terça-feira, junho 24, 2014

IFCE anula seleção após falha para aplicar prova

A reitoria do Instituto Federal do Ceará (IFCE) divulgou por meio de nota, na tarde de ontem, a anulação das provas do concurso público para servidores técnico-administrativos da instituição referente a oito cargos de nível D, após falhas que impediram a aplicação do exame em alguns locais, na noite do último domingo (22). O certame oferta um total de 261 vagas.
Estão anuladas, portanto, as provas para os cargos do nível assistente em administração, técnico de laboratório - área informática, técnico de laboratório - área química, técnico em audiovisual, técnico em contabilidade, técnico em eletrotécnica, técnico em secretariado e técnico em tecnologia da informação. O novo cronograma para esses cargos ainda será divulgado.
Para os cargos de nível C e E, no entanto, cuja as provas foram realizadas no turno da manhã, o IFCE informa que o cronograma previsto no edital está mantido, e o concurso prossegue normalmente, uma vez que não foram identificados incidentes que prejudicassem o certame.
O IFCE informa, ainda, que a divulgação do gabarito para estas provas será feita hoje, e o prazo para interposição de recursos será aberto imediatamente após a publicação dos gabaritos, por meio de sistema eletrônico a ser disponibilizado na página oficial do concurso.
Segundo a nota, "o IFCE reitera seu compromisso com a lisura e a transparência de todos os seus concursos públicos, razão pela qual garante seguir tomando todas as medidas necessárias para que a isonomia entre os candidatos seja garantida até o fim do certame".
Atrasos para o início das provas, avaliações sem o lacre e desorganização na aplicação do exame foram as principais reclamações apontadas pelos candidatos, causando confusão e protesto em alguns locais onde as provas aconteceram.
"Só existia um fiscal na minha sala, completamente despreparado. Tinha muita gente, cadeiras muito juntas, conversas paralelas, pessoas entrando na sala depois do horário de início", disse Siany Goes de Sousa, que fez a prova pela manhã, na Faculdade Integrada do Ceará (FIC), sede Moreira Campos.
Ocorrência
Alguns Distritos Policiais (DPs) receberam, ainda no domingo (22), Boletins de Ocorrência (BOs) referente ao concurso. "Como a prova foi feita em vários lugares, as pessoas estão se dirigindo ao DP mais próximo. Acredito que todos serão encaminhados para o 3ºDP, área onde está localizado o IFCE", explicou a inspetora do 11ºDP, Conceição de Maria.
O escrivão-chefe, João Filomeno Neto, adiantou que os BOs estão sendo registrados como não delituosos. "Se for pra ser apurado como crime, será competência da Polícia Federal, já que se trata de uma instituição federal", certificou.
Também por nota, os servidores do IFCE manifestaram sua solidariedade aos candidatos diante do fato e reivindicam a apuração das responsabilidades quanto aos problemas ocorridos. "Os servidores exigem a adoção das devidas providências para que nenhum candidato seja prejudicado, para que nossa instituição não volte a ter sua credibilidade abalada", diz o texto.
Com informações do Diário do Nordeste