Searching...
quinta-feira, setembro 11, 2014

Facebook censura Ciro e retira mensagens ofensivas contra Eunício

O próprio Ciro comunicou o fato aos seus seguidores. 


O Facebook cumpriu petição judicial e retirou do ar publicação considerada ofensiva contra o senador Eunício Oliveira (PMDB), que era acusado por Ciro Gomes, secretário de saúde do Estado, de “ladrão” e dentre outras ofensas. A informação foi divulgada pelo próprio Ciro Gomes em sua página pessoal nas redes sociais.

“Não vou calar”
Apesar disso, Ciro manda um recado para seus seguidores e volta a criticar o peemedebista: “vou continuar repartindo a verdade”, chamando-o novamente de“riquinho pinóquio”.

“Ei negada! Hoje, fui surpreendido com um aviso do Facebook de que estou sendo censurado por petição do riquinho Pinoquio que quer por que quer comprar o governo do Ceará. Tiraram uma publicação minha. Vou continuar repartindo a verdade”, publicou.

Leia ainda:
No Facebook: Ciro Gomes chama coligação de Eunício de “corrupta” e aposta em virada de Camilo Ciro Gomes usa o Facebook para questionar postura de Eunício Ciro dispara críticas e chama Eunício de “lambanceiro” e “‘riquinho’ que quer comprar o poder no Ceará”

Justiça Eleitoral

A Justiça Eleitoral já proibiu Cid Gomes, Ciro Gomes, o candidato Camilo Santana e integrantes da coligação “Para o Ceará seguir Mudando” de fazer ofensas contra Eunício Oliveira, provocando propaganda negativa contra o peemedebista. Ciro acusa Eunício de ter enriquecido fazendo contratos obscuros com o governo federal.

POLÍTICA COM K