Searching...
domingo, janeiro 04, 2015

Cid Gomes prega reforma do ensino médio e diálogo com professores

Após a solenidade de transmissão de cargo, realizada na última sexta-feira, 02, o novo ministro da Educação, Cid Gomes, apontou a reforma do ensino médio como um dos desafios a ser enfrentado na sua gestão à frente da pasta. Cid disse que espera implantar, no prazo de dois anos, a revisão do currículo de ensino médio no país. “No ensino médio temos um desafio especial, que é, além de ampliar o acesso, reformar o seu currículo, compreendendo as características regionais de cada estado e município brasileiro. Para que tenhamos êxito será necessário todo o apoio de professores e universidades”, afirmou.

Ele enfatizou que vai propor um amplo debate sobre a proposta, que considera necessária para aumentar a escolaridade e o nível de aprendizagem dos jovens brasileiros.

Ao se dirigir aos professores, Cid Gomes disse que estará aberto ao diálogo com a classe. “Gostaria de me dirigir a todos os professores brasileiros. Sou filho e irmão de professores. Minha experiência como prefeito e governador me ensinou ainda mais sobre a necessidade do corpo docente. Pretendo me reunir com seus representantes, vamos valorizar e reconhecer seu trabalho. Meu gabinete estará sempre aberto para receber conselhos, críticas e ajuda”, disse.