Searching...
terça-feira, junho 30, 2015

Banhista contra-ataca e bate em tubarão após ser mordido

CAROLINA DO NORTE — A reação de um banhista, atacado por um tubarão nesta última sexta-feira, foi rápida: socou o animal algumas vezes e escapou do ataque. Patrick Thornton, de 47 anos, estava nadando no mar na Carolina do Norte, quando foi surpreendido, conta o jornal “The Virginian-Pilot” nesta terça-feira.

— Eu pensei que fosse uma mordida de caranguejo — disse Thornton ao jornal “The Virginian-Pilot”.

O homem disse que, de repente, sentiu um puxão em seu tornozelo e olhou para baixo, quando viu o sangue na água e um tubarão circulando, abaixo dele.

Quando o tubarão o agarrou, o banhista o socou na cabeça e na lateral, três vezes, até que o animal o deixasse ir. Thornton disse que mais três tubarões foram atraídos para o local, pelo sangue de seus ferimentos.

O tubarão tentou mais uma vez morder suas costas, e, dessa vez, Thornton usou seu cotovelo para afastar o animal. A vítima foi levada, de helicóptero, para o hospital e está se recuperando dos ferimentos.
A fuga é mais um dos ataques de tubarão na Carolina do Norte, no último mês. Desde o incidente que ocorreu na última sexta-feira, foram registrados mais dois ataques.

No sábado, um adolescente foi mordido no quadril por um tubarão e continua em estado grave no hospital. Nesta segunda-feira, uma mulher foi ferida, contabilizando o sétimo ataque de tubarão na área este mês. Nenhum dos ataques foram fatais.

Especialistas continuam divididos sobre o que pode ser a causa do aumento de ataques de tubarão no litoral da Carolina do Norte.


Um biólogo marinho disse ao “The Washington Post” que isso poderia ser causado pelo crescente número de tartarugas nadando para colocar ovos, o que atrai tubarões para perto da costa, em busca de comida.

Redação Ceará em Foco
Fonte: O GLOBO