Searching...
segunda-feira, junho 15, 2015

Roberto Pessoa assume missão de reestruturar o PSB do Ceará

O ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, assume, em breve, o comando do diretório estadual do PSB com a missão de estruturar a sigla e fortalecer o partido para as eleições municipais de 2016. A posse ainda não tem data oficial, pois, segundo explicou, aguarda uma “folga” na agenda do presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, que quer participar da solenidade.
Pessoa deixou o PR na semana passada, quando assinou sua ficha de filiação na sede do novo partido em Brasília.
No PSB
Ao assumir o desafio de comandar o PSB Ceará, Pessoa pondera que o fortalecimento passará por planos comuns com todos as instâncias da sigla, incluindo o ex-deputado Sérgio Novais que, há duas décadas, comanda o partido. Novais ficará à frente da executiva em Fortaleza. Outra meta é fortalecer o partido no interior do Estado, além da oposição ao Governo do Estado e a gestão municipal de Fortaleza. As estruturações internas, porém, começaram pelo interior do Estado, mais precisamente na região do Cariri, onde Pessoa já possui influência. “Nossa meta, nesse primeiro momento, será nos estruturar e cooptar novos filiados”, disse em entrevista.
Irmãos Novais
Pessoa foi conduzido ao posto por meio de convite dos irmãos Novais. Em 2013, o então presidente nacional do partido, Eduardo Campos, já havia convidado Roberto Pessoa para filiar-se à legenda socialista. Agora, o convite partiu do atual presidente Carlos Siqueira e das lideranças do PSB-Ceará, dentro da estratégia de fortalecimento do partido em todos os estados brasileiros. Nos bastidores, a informação é de que a articulação entre Novais e Pessoa, com o aval de setores da cúpula nacional da sigla, fecha as portas para o retorno do prefeito Roberto Cláudio e dos irmãos Ferreira Gomes ao ninho socialista.
A filiação de Pessoa é a primeira com peso político consolidado desde a saída dos Ferreira Gomes. Até 2013, a sigla possuía a maior bancada política na Assembleia Legislativa. Junto com os irmãos Ferreira Gomes, saíram cerca de 500 filiados do PSB no Ceará, dentre os quais o prefeito Roberto Cláudio, dez deputados estaduais, quatro federais, além de prefeitos e vereadores cearenses. Agora, com a chegada de Pessoa, considerado um articular experiente, a legenda ganha força e pode ameaçar, uma vez que tem tempo de televisão e pode aglutinar outras siglas.

Potencializa
Questionado pelo O Estado se há possibilidade de sair candidato em 2016, Pessoa minimizou:
“Desejo todos têm, mas não precisava sair do PR”. Ele fez questão de frisar que, neste momento, seu principal objetivo é somar e potencializar o PSB e, portanto, qualquer outro assunto será discutido no momento oportuno. Pessoa tem evitado falar publicamente do assunto, mas aliados afirmam que a tese é real.
Com informações do OE