Searching...
quinta-feira, março 31, 2016

Fortaleza: Prefeitura e Governo do Estado lançam 'Praia Acessível' para possibilitar acesso ao mar a idosos e pessoas com deficiência

Idosos, pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida poderão ter acesso à praia a partir desta quinta-feira (31/03), às 9 horas, na Praia de Iracema, em Fortaleza, quando será lançado o “Praia Acessível”. Com idealização do Governo do Estado, o projeto será executado em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e funcionará de quarta a domingo, de 9h às 14h.

A iniciativa oferecerá espaço de lazer com esteiras e cadeiras anfíbias, que possibilitam o acesso do público-alvo ao mar. O local ainda conta com estrutura para vôlei e frescobol adaptados, piscinas, cadeiras e mesas cobertas com toldos, banheiro acessível e itens de segurança. O investimento do Governo do Estado em equipamentos é de aproximadamente R$ 400 mil. Já a Prefeitura será responsável pela infraestrutura e logística.

A coordenadora Especial de Políticas Públicas para os Idosos e as Pessoas com Deficiência do Governo do Estado, Isabele Cavalcante, explica que o projeto foi construído após ouvir as demandas do segmento. “O Governo do Estado teve um cuidado de construir essa ação muito pautada junto com a pessoa com deficiência. A gente passou mais de um ano realizando estudos, visitas, estudando, consultorias, e levamos essas pessoas para participarem e estarem nessa sociedade inclusiva”, completa.

Na primeira fase, o projeto será desenvolvido em frente ao Hotel Sonata, parceiro na ação e que disponibiliza banheiro adaptado, depósito para guardar material e cinco vagas de estacionamento para pessoas com deficiência destinadas ao público participante da iniciativa. De acordo com Isabele Cavalcante, há previsão de uma nova estação do Praia Acessível fora da Capital. Ela afirmou que está em fase de diagnóstico e até julho será anunciado o próximo município a receber a ação.

Capacitação

Cerca de 20 guarda-vidas do Corpo de Bombeiros e 15 técnicos da Prefeitura foram capacitados para atuar no Praia Acessível. O projeto iniciará com 20 monitores que acompanharão as atividades, entre guarda-vidas do Corpo de Bombeiros, técnicos da Prefeitura e guarda-vidas da Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal de Fortaleza. Duas turmas foram treinadas com aulas teóricas e práticas no local.