Searching...
segunda-feira, junho 27, 2016

Após polêmica com cachê considerado alto demais, Safadão vai doar dinheiro para caridade

O cantor Wesley Safadão afirmou que vai doar o cachê referente ao show que fez, neste sábado (25) no São João 2016 de Caruaru, em Pernambuco, para instituições de caridade da cidade. A decisão do cantor se deu após a Justiça questionar o cachê de R$ 575 mil cobrado por Safadão para se apresentar na cidade. As informações são do G1.

"Se o problema é dinheiro, pode espalhar aí que o meu cachê está voltando para Caruaru para ajudar a quem realmente precisa. Em Caruaru, eu toco até de graça. O que eu não quero é ficar de fora desta festa", afirmou o cantor cearense durante o show no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.

Na quarta-feira (22), um juiz da comarca de Caruaru concedeu liminar, suspendendo o show de Safadão no São João da cidade. Havia suspeita de superfaturamento no cachê de Wesley, já que, em Campina Grande, Safadão cobrou R$ 165 mil para o show, de acordo com a Prefeitura da cidade paraibana. O show em Caruaru aconteceu, no entanto, porque o desembargador José Viana Ulisses acatou um pedido da Prefeitura da cidade pernambucana, permitindo a apresentação de Safadão.

Com sucessos no repertório, como "Aquele 1%" e "Camarote", o show de Safadão foi o mais esperado da noite, em Caruaru, e lotou o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga. Muitas pessoas não conseguiram entrar para assistir à apresentação, uma vez que a capacidade máxima do local, de 100 mil pessoas, foi atingida antes das 21h. Alguns fãs, então, pularam muro e romperam as grades das entradas de emergência. Houve correria e tumulto e a polícia teve que conter a multidão com spray de pimenta.   

Fonte: DN