Searching...
quinta-feira, dezembro 22, 2016

Prefeitura de Iguatu investe em equipamentos para saúde


O município adquiriu, dentre outros itens, computadores, impressoras, cadeiras de rodas, centrais de ar, monitores cardíacos, amnioscópio, estetoscópio, laringoscópio, mesa ginecológica, bombas de infusão, balança antropométrica, centrífuga, Incubadora de transporte neonatal, microscópio, monitor de pressão intracraniana, camas hospitalares, berços aquecidos, carros de parada, macas, armários e cadeiras, além dos leitos PPP para a UTI Neonatal.

De acordo com o prefeito Aderilo Alcântara, os recursos para equipar as unidades de saúde foram adquiridos através do Governo Federal, por meio de emendas parlamentares. “São investimentos muito significantes, mais de três milhões de reais, fruto de emendas parlamentares viabilizadas por meio de um trabalho articulado pelo deputado estadual Agenor Neto, em Brasília”, disse.

Novas estruturas
No Hospital Regional também serão equipados o Centro de Parto Normal, a Casa da Gestante e a UTI Neonatal. A estrutura física desses três equipamentos já foi completamente concluída. A Prefeitura investiu quase um milhão e meio de reais, e a expectativa é que até o final de dezembro o prefeito Aderilo Alcântara possa entregar esses novos equipamentos de saúde à população.

Dados
Iguatu, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 100 mil habitantes, segundo dados deste ano. O município exerce papel de centro regional de comércio e serviços, oferecendo apoio para mais de dez municípios da região onde se localiza. Sua economia é baseada na agricultura: algodão herbáceo e arbóreo, arroz, banana, feijão, milho; pecuária: bovino, suíno e avícola.

Além de diversas olarias, a base econômica mais antiga ainda encontram-se 72 indústrias. Na área da saúde, especificamente, a cidade conta com um Hospital Regional de Iguatu (HRI), Hospital e Maternidade Agenor Araújo, dois hospitais particulares, 20 Postos de Saúde da Família espalhados nos bairros da cidade e na zona rural, Cínica de Hemodiálises, Corpo de Bombeiros, Centro de Especialidades Odontológicas, Unidade Básica de Saúde, com sede no bairro Flores, mas que atende aos bairros Paraná, Tabuleiro, Areias, projeto Farmácia Viva, de medicamentos fitoterápicos a baixo custo, Farmácia Popular, Policlínica (antiga Hospital Santo Antônio dos Pobres) e uma Unidade de Pronto Atendimento.