Searching...
quinta-feira, fevereiro 23, 2017

Secretários de RC pagam a gasolina do próprio bolso

Os secretários do prefeito Roberto Cláudio (PDT) estão pagando a gasolina do próprio bolso para o exercício do cargo desde o mês passado. Com o fim dos carros oficiais em janeiro deste ano, a gestão prometeu fornecer ajuda de custo para cada gestor abastecer o próprio veículo para ir ao trabalho. Cada secretário do primeiro escalão tinha veículo e motorista à sua disposição.
Apesar da promessa, a Prefeitura ainda não repassou a ajuda de custo nem tem previsão para repasse. Com a extinção dos carros em razão do corte de gastos, ocasionado pela crise de arrecadação nos cofres públicos, a Prefeitura de Fortaleza economizou, entre os meses de janeiro e fevereiro, R$ 611.741,84. Os dados são da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).
A Sepog diz que, “por enquanto, (o dinheiro) está saindo do próprio bolso e, quando for definida a ajuda de custo, não deve ser retroativa”. Ou seja, os comissionados não receberão o que gastaram de gasolina nesse período. Em entrevista ao O POVO no início de janeiro deste ano, Roberto Cláudio antecipou que cortaria os carros oficiais e concederia aos secretários ajuda de custo para o uso dos veículos próprios.
“Acordamos aqui que, ao invés do secretário ter carro oficial com motorista, vai ter ajuda de custo no mês para combustível. Isso traz economia de metade do valor que a gente gasta hoje”, disse o prefeito à época. (Wagner Mendes)