Searching...
terça-feira, dezembro 19, 2017

OPOSIÇÃO DE TAUÁ JOGA NO ATAQUE E REJEITA AMBULÂNCIAS, ISENÇÃO DE MOTOTÁXI E SUPLEMENTAÇÃO PARA PAGAR ÁGUA, LUZ, TELEFONE E INSS

Ação coordenada pelo bloco de oposição da Câmara Municipal de Tauá, através de nove vereadores, derrubou, na sessão desta segunda-feira, 11, a votação de um pedido de suplementação orçamentária para que o município fizesse a aquisição imediata de uma nova frota de sete veículos para a saúde. Os recursos, cerca de R$ 500 mil, foram destinados por emenda do deputado Audic Mota, primeiro secretário da Assembleia Legislativa, desde o ano de 2015.
Nos seus últimos dois anos, a gestão municipal anterior sequer providenciou o encaminhamento da documentação junto ao Governo do Estado. Agora, a Prefeitura de Tauá, livre das questões de inadimplências, após 11 meses de gestão do médico Carlos Windson, reabilitou-se para realizar convênios e o devido processo licitatório. O município, através da Secretaria de Saúde, aguarda somente a autorização da Câmara para que o valor seja pago e os veículos entregues.
Na mesma toada, os vereadores de Tauá rejeitaram votar projetos que previam: isenção de ISS e taxa de licenciamento para mototaxistas, com finalidade de manutenção dos preços das corridas; instituição de programa de estágios e suplementação orçamentária para pagamento das contas de água, luz, telefone e INSS pela Prefeitura.