Searching...
segunda-feira, maio 28, 2018

SOBRAL:SECRETARIA DA SAÚDE REALIZA CAMPANHA NACIONAL DE HANSENÍASE, VERMINOSES, TRACOMA E ESQUISTOSSOMOSE


A Escola Netinha Castelo recebe entre os dias 16 e 17 de maio, ações da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose. Essa ação tem como público-alvo os alunos de 5 a 14 anos de idade, matriculados no ensino fundamental.

Além informar os estudantes sobre os sinais e sintomas dessas doenças, assim facilitando o diagnóstico precoce e o tratamento imediato, a campanha tem como objetivo fazer busca ativa de casos novos de hanseníase, exames para detecção e tratamento dos casos de tracoma em escolares e verminoses, o tratamento dos alunos podem ocorrer de forma particular ou coletiva.

O aluno da Escola Netinha Castelo, Amoha Maia, falou sobre a importância de ocorrer essas palestras na escola. “Acho importante esse tipo de roda de conversa porque tem muita gente que pode ter os sintomas dessas doenças e não saber o que é, muitas vezes achamos que pode ser só uma mancha besta ou uma vermelhidão nos olhos e se investigar pode ser algo mais sério”, afirmou.

O aluno também falou sobre o material de apoio distribuído pela Secretária da Saúde. “O material gráfico junto com a palestra foi muito importante, pois sempre que ia até a unidade de saúde olhava o cartaz, mas não entendia muito o que estava escrito, essas palestras com auxílio de imagens foram esclarecedoras”, finalizou.

Além informar os estudantes sobre os sinais e sintomas dessas doenças favorecendo o diagnóstico precoce e o tratamento imediato, a Campanha tem o objetivo de fazer busca ativa de casos novos de hanseníase, exames para detecção e tratamento dos casos de tracoma em escolares, profilaxia para as geo-helmintíases, exame parasitológico de fezes para esquistossomose, tratamento dos escolares e, se indicado, exames e tratamento dos seus contatos.

A Secretaria da Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação estão realizando a campanha em 31 unidades escolares do município. No total, mais de 22 mil alunos participaram da campanha até o dia 30 de junho.

Conheça um pouco das doenças que fazem parte da busca ativa da campanha

Hanseníase – Doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae. Atinge principalmente a pele e os nervos de pessoas de qualquer sexo, idade ou classe social. Se não for tratada, a doença pode causar diversas deformidades pelo corpo.

Verminoses – Infecções causadas por parasitas que se instalam no interior do corpo. As verminoses podem causar dores abdominais, diarreias frequentes, anemia, palidez excessiva, perda de peso, barriga inchada e sangramentos intestinais. Em crianças, pode haver dificuldade de aprendizagem e retardo no crescimento.

Tracoma – Doença bacteriana que acomete os olhos. Se não for tratada, pode prejudicar a visão e causar cegueira. Os olhos de pessoas afetadas pelo Tracoma podem apresentar vermelhidão, lacrimejamento, coceira, irritação, secreção, sensação de corpo estranho e intolerância à luz. Em alguns casos, não há manifestação de sintomas.