Searching...
domingo, março 14, 2021

Ceará é o único estado do Brasil com todos os municípios em lockdown

O isolamento rígido no Estado vale a partir de amanhã, 13, e segue até o dia 21 de março. Especialista defende medida como "único jeito de controlar a situação"

Ceará é o único estado do Brasil, no momento, a adotar o lockdown em todos os municípios. Para tentar barrar a segunda onda da pandemia de Covid-19, todas as unidades federativas do País adotaram medidas mais restritivas, como toque de recolher e redução no horário de funcionamento de setores comerciais. Porém, nenhuma outra estabeleceu lockdown de forma geral. O isolamento rígido no Estado vale a partir de amanhã, 13, e segue até o dia 21 de março. 

Para a médica epidemiologia Ligia Kerr o momento atual pede medidas contundentes. Ela alerta que "pequenas interferências agora" não surtem efeitos porque a nova cepa do coronavírus originada em Manaus, responsável pelo aumento de casos, é muito mais transmissível, tem maior gravidade e causa mais mortes, segundo estudos recentes.

Nesse cenário, a especialista classifica o lockdown como "absolutamente necessário". "Um lockdown rigoroso é o único jeito para controlar essa situação, além de acelerar a vacinação. Já vemos estados com maiores índices de vacinação mostrando resultados na redução da mortalidade de idosos", acrescenta a também professora na Universidade Federal do Ceará (UFC).

O Ceará chegou a 462.466 casos confirmados de Covid-19 e 12.145 óbitos em decorrência da doença nesta sexta-feira, 12. Os dados foram atualizados às 8h47min de hoje pela plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Foram contabilizados 2.684 casos e 29 mortes por Covid-19 a mais desde o último boletim.

A professora Lígia avalia que a situação epidemiológica no Brasil está "gravíssima". "Cerca de 25 dos estados estão com a UTI com mais de 80% da ocupação, 15 mais com de 90%. Essa epidemia ocorreu de forma quase unificada entre os estados, e os municípios dos estado. Se as pessoas não perceberam ainda, os sistemas de saúde [do Brasil] estão colapsando", considera.

No começo do mês, o Distrito Federal chegou a anunciar um lockdown, mas depois flexibilizou as restrições para várias atividades, como academias de ginástica e cultos religiosos. Na prática, a proibição restou para alguns segmentos, sobretudo bares e restaurantes. Agora um novo decreto (41.874) instituiu toque de recolher entre 22h e 5 horas até 22 de março.

Em São Paulo, nesta quinta-feira, 11, o governador João Dória (PSDB) endureceu ainda mais as restrições que já estavam sendo praticadas anteriormente. Com o anúncio da Fase Emergencial estão suspensas atividades como cultos e jogos de futebol, além da limitação do horário de funcionamento de serviços considerados essenciais. As aulas na rede estadual de educação foram suspensas, com recomendação para que as redes municipal e privada façam o mesmo.

Com informações O POVO ONLINE